Fotos: Sedec-MT

saíba mais
25 de Junho, 15:59

Recriada, Câmara Setorial de Agrotóxicos debaterá aplicação de produtos em MT

 


Órgão foi recriado pelo Conselho de Desenvolvimento Agrícola Empresarial do Governo do Estado e será coordenado pelo Indea-MT
 


O Conselho de Desenvolvimento Agrícola Empresarial (CDAE) aprovou nesta quarta-feira (24.06) a recriação da Câmara Setorial de Agrotóxicos para debater a utilização de defensivos agrícolas em Mato Grosso. A câmara é composta por dezenove representantes de várias entidades como Governo do Estado, empresas privadas e universidades.
“Esta discussão é muito importante para desenvolvermos a agricultura em Mato Grosso, mas com todos os critérios para a preservação da saúde humana, tanto das pessoas que trabalham diretamente com os produtos como os cidadãos que consomem os alimentos que utilizam defensivos”, explica César Miranda, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico e presidente do CDAE.
A coordenação da câmara setorial será do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT), órgão técnico competente para o tema. “Aí serão discutidas ações e, em caso de necessidade, fazer propostas para que o CDAE possa deliberar sobre a forma de utilização destes defensivos agrícolas”, afirma Miranda.
Ainda durante a reunião do CDAE, foram aprovadas 84 cartas-consultas do FCO Rural, que são empréstimos via Fundo Constitucional do Centro Oeste, totalizando mais de R$ 190 milhões e geração de cerca de 270 empregos diretos e 570 empregos indiretos.
“Neste momento é importante que estes recursos sejam disponibilizados para movimentar a economia do Estado, alavancando negócios, e a grande maioria deste recurso vai para pequenos e médios produtores rurais. São ações do governo do Estado trabalhando junto com o setor produtivo para que possamos manter o nível de investimentos em Mato Grosso mesmo com a pandemia e não paralisar este setor que é tão importante”, finaliza o secretário César Miranda.

 

Texto: Thielli Bairros | Sedec-MT

Notícias relacionadas