23 de Março, 11:33

Sorriso monitora cinco possíveis casos suspeitos de coronavírus

 

Casos incluem um bebê e uma idosa de 80 anos

 

      A Secretaria Municipal de Saúde de Saúde informou que são monitorados cinco possíveis casos suspeitos de coronavírus, que incluem um bebê e uma idosa de 80 anos. Nenhuma ocorrência da doença foi confirmada e os exames estão sendo aguardados. 

Os dados oficiais informados pela Secretaria Estadual de Saúde não mostram Sorriso na lista de municípios com casos suspeitos. Porém, segundo o secretário de Saúde e Saneamento, Luís Marchioro, cinco pessoas monitoradas podem ter a doença e só os exames é que descartarão a possível contaminação de Covid-19.

“Temos que confiar na análise dos médicos. Há cincos casos em monitoramento. Estamos acompanhando. Eles não foram notificados como suspeito de coronavírus, mas são suspeitos também até que o exame saia. E não é só idoso. O jovem também tem que se conscientizar. Ele não é imune e pode ter problemas e levar para o idoso que tem a imunidade muito mais baixa. Não há casos oficiais, mas há situações em acompanhamento e o resultado pode ser positivo”, frisou o secretário.

A maioria dos casos envolve pessoas internadas em um hospital particular de Sorriso com síndrome respiratória aguda grave. “Já fizemos o pedido de análise do material da idosa. Não podemos dizer que é e nem que não, só quando chegar o resultado do exame. Foi mandado para Cuiabá na quinta-feira ainda”.

Até ontem, a Secretaria de Estado de Saúde notificou dois casos confirmados e 183 suspeitos de coronavírus em Mato Grosso. Os casos são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do estado e dos municípios.

Até o momento, foram monitoradas 259 ocorrências em Mato Grosso. De acordo com informações da área técnica da SES, 23 casos foram descartados e 51 foram excluídos por não preencheram critérios de definição para Covid-19. Em Rondonópolis, a Prefeitura divulgou um boletim confirmando dois casos do novo coronavírus (COVID-19) na cidade, e 16 casos suspeitos.

Texto: Redação Portal Sorriso

Notícias relacionadas